003. SÍRIUS

SPFW N48

LOGO4.png

Após abordar a repressão das ditaduras em Pendular e a resistência à sistemas repressivos em ígnea, seus primeiros desfiles, Lucas Leão traz para as passarelas o alvorecer da liberdade após tempos de crise.

A marca, que trabalha com manipulação têxtil e desenvolvimento cromático exclusivo em tecidos tecnológicos Texprima, irá explorar o universo da estamparia digital através de software 3D e o contraste com fibras naturais. Esta coleção contará com uma visão delas como próteses humanas através de formas orgânicas e tribais. Além disso, no desenvolvimento das estampas participaram artistas emergentes da cena brasileira, como Gabriel Massan e Lucas Guimarães, assim como o Lucas Regal, na criação das botas.

Para o desfile a marca desenvolveu, junto com a equipe alemã de desenvolvimento virtual de vestuário 3D Beyond Compare, as peças em realidade aumentada que serão desfiladas e em breve se tornarão acessíveis a todos, enriquecendo assim a experiência do usuário. 

A coleção, que será composta por três momentos, busca retratar através de transições de cores, transformações e do utilitarismo, a critica ao apagamento histórico da cultura, a quebra de antigos paradigmas e o surgimento de uma nova perspectiva de futuro.

Sobre ruptura e libertação de amarras, a coleção que começa em cores descarregadas e termina numa primavera de saturação e formas digitais procura explorar novas perspectivas de liberdade e de possibilidades narrativas.

FICHA TÉCNICA DO DESFILE

Curadoria: Dacri Deviati

Direção geral: Equipe SPFW

Direção de estilo: Lucas Leão

Estilo: Jemima Kos

Styling: Daniel Ueda

Beleza: Helder Rodrigues

Direção de Casting: Bill Macintyre

Equipe: Matheus Gramacho e Thaís Bastos

Trilha sonora: Laza

Artistas convidados : Gabriel Massan & Lucas Guimarães